top of page

Guia Definitivo: Como Preparar a Sua Casa para Facilitar a Vida de Cães Cegos

A adaptação de nossas casas para acomodar da melhor forma possível nossos animais de estimação é uma demonstração de amor e empatia. Quando esses animais são portadores de necessidades especiais, como é o caso dos cães cegos, essa adaptação se torna ainda mais importante. Neste artigo, vamos esclarecer como você pode adaptar a sua casa para tornar a vida de cães cegos mais segura e confortável, permitindo que eles vivam com o máximo de independência e felicidade possível.



1. Facilite a passagem

Primeiramente, é importante verificar se existem obstáculos no caminho do cão e removê-los para que ele consiga andar com segurança. Além disso, é recomendado colocar tapetes antiderrapantes na parte superior das escadas para evitar possíveis quedas.

Outra medida importante é utilizar adesivos nos cantos afiados das mesas e cadeiras para evitar as feridas nas patas do cão. Se o animal tiver um jardim, mantenha um espaço livre de objetos e obstáculos para que ele possa se movimentar com tranquilidade.

Por fim, é importante que o ambiente esteja sempre organizado para que o cão cego possa se orientar com facilidade. Assim, é possível proporcionar a ele um lar ainda mais acolhedor e seguro.


2. Remova os objetos pontiagudos

Remova todos os objetos pontiagudos da área de circulação e espaços de descanso do seu cão cego. Certifique-se de que nenhum tapete tem franjas e bordas que possam machucar ou prender o pelo do seu cão. Coloque os móveis em posições fixas, para que o seu cão cego não tropece ou colida neles. Cubra as arestas das mobílias com fita adesiva. Remova todos os objetos frágeis


3. Não mude a disposição dos móveis

É importante não mudar as posições dos móveis. Estas referências visuais são essenciais para o cão cego, pois ele usa os objetos ao redor para se orientar. É importante certificar-se de que os móveis não sejam movidos, para evitar que o cão fique confuso e desorientado. Além disso, você pode adicionar algumas referências de som, como tapetes ou almofadas, ao redor da casa para ajudar o cão cego a se locomover. Estas referências ajudarão o cão a reconhecer seu ambiente e a se orientar.


4. Faça barulhos e converse bastante com o pet

Uma das principais maneiras de adaptar a sua casa para um cão cego é fazer barulhos com brinquedos. Estes sons servirão de orientação para o animal, para que ele saiba onde está a localização de cada objeto. Ter sons diferentes para diferentes objetos também pode ajudar o cão a se orientar mais facilmente.

Além disso, é importante criar uma rotina de treinamento e atividades para o seu cão cego. Estes treinos de obediência e atividades vão ajudar o animal a desenvolver habilidades que o vão ajudar a caminhar pelo seu lar. Estes treinos também podem ajudar o cão a manter-se saudável e ativo, o que é essencial para que ele possa ter uma vida saudável.


5. Aposte também nos estímulos olfativos

É importante usar cheiros conhecidos para o seu cão cego, como aqueles que estão associados a brinquedos favoritos ou ao próprio dono. Além disso, tapetes e outras superfícies com texturas diferentes podem ajudar a identificar a localização de diferentes áreas da casa. Para ajudar ainda mais o cão a se orientar, coloque cheiros diferentes próximos a portas e janelas. Aromas como lavanda, citronela ou eucalipto também podem ser usados para ajudar o cão a se orientar. Seguindo essas dicas você pode adaptar facilmente a sua casa para a vida de cães cegos, garantindo assim que eles possam se locomover de forma segura.


6. Utilize acessórios apropriados

O dispositivo Blindog ajuda o cãozinho a andar em qualquer ambiente sem se machucar. Ele reduz fortemente as batidas ao indicar o momento do desvio através de uma leve vibração. Os cães demoram em média 7 dias para uma completa adaptação. Cães de todos os portes e idades utilizam a Blindog. O aparelho é leve, 45 gramas, e recarregável. Está disponível para compra em www.blindog.com.br .




30 visualizações

Comments


bottom of page