• BlinDog

Meu cachorro tem catarata. E agora?

Atualizado: 15 de Abr de 2019


Primeira coisa, não fique preocupado. Há cura para catarata e é algo bem comum enquanto parte da velhice.

Se o seu cachorro começou a ficar com os olhos mais claros de repente, fique atento, pois ele pode estar com catarata. Essa doença atinge tanto os humanos, quanto os animais, e ela pode aparecer em animais de qualquer idade por motivos como:


- Idade

- Problemas hereditários

- Problemas traumáticos

- Doenças metabólicas (diabetes, por exemplo)

- Problemas nutricionais

- Problemas congênitos (o animal nasce com a catarata)

- Doença pós-inflamatória


Raças como o Poodle, Cocker Spaniel Americano e Inglês, Schnauzer miniatura, Golden e Labrador Retriever, West Highland White Terrier e Afghan Hound, são as mais conhecidas pela doença que traz branqueamento dos olhos e cegueira parcial ou total.


Além da perda da visão, a catarata pode causar uma inflamação crônica intraocular, glaucoma secundário e desconforto, o que muitas vezes gera coceira constante por parte do cão - o que fará com que ele, ocasionalmente, machuque a região dos olhos. A perda da visão depende da fase em que a catarata se encontra, então quanto mais cedo for descoberta, mais fácil será a identificar os possíveis tratamentos. O principal indicativo do estágio da catarata é o tom de claridade dos olhos: quanto mais a lente está opacificada, menos o animal enxerga. Mas isso pode ser avaliado melhor no exame oftálmico feito junto ao veterinário.


Existe outra doença que pode levar a opacificação da lente: a esclerose nuclear. Ela aparece com a idade avançada do animal, geralmente a partir dos 8 anos, e pode fazer com que o olho fique mais opaco, mas não é catarata.


Tem como prevenir a catarata canina?


Existem apenas dois tipos de cataratas que podem ser prevenidas: causa genética, que você pode evitar acasalar o seu pet com outro cão que tem a doença - ou alguma das raças que foram relatadas. No caso da catarata diabética, o jeito de prevenir é fazer sempre um belo controle de glicemia. Para que quaisquer doenças sejam identificadas em estágio inicial, é importante que seu cachorro faça acompanhamento no veterinário. Ou seja, não só ele deve tomar as vacinas regulares, como deve fazer visitas frequentes de checagem. Cães, assim como seres humanos, podem ser acometidos de diversas doenças. Com o avanço da medicina veterinária é possível identificar uma ampla variedade de doenças e sua cura.


Dependendo da sua fase, a catarata pode ter tratamento cirúrgico e seu animal pode voltar a enxergar. Já a esclerose é uma degeneração decorrente da idade, mas deve ser acompanhada com a mesma seriedade.


O único tratamento disponível atualmente é a cirurgia. No momento em que se instala a opacidade (perda da transparência), a lente não pode tornar-se transparente novamente, sendo a única solução a remoção - ou substituição. Nos casos bem sucedidos a melhora da visão é muito significativa, mas há também alguns casos em que a cirurgia não devolva integralmente a visão do seu cachorro.


Mesmo a cirurgia sendo amplamente recomendada, nem todo cachorro está apto ao procedimento. O cão deve estar acima de tudo saudável e o olho não pode ter inflamações. Alguns testes serão feitos e caso ele não possa ser operado, o tratamento dos demais sintomas (como a inflamação) poderá ser realizado para atenuar o incômodo do animal. O sucesso da cirurgia contra catarata fica entre 90% e 95%. Porém, o pós-operatório é determinante para o sucesso, pois cães tendem a ter inflamações pós-cirúrgicas com certa frequência.


Seja com ou sem cirurgia, com carinho e paciência você e seu cãozinho irão se adaptar a essa nova fase!


Quer conhecer uma solução não invasiva para melhorar a vida do seu cachorro cego? Envie uma mensagem para a gente no (84) 99606.9051 ou para contato@blindog.com e conheça a BlinDog!


>> LEIA MAIS: Dicas para conviver e cuidar de um cachorro cego



52 visualizações
A BlinDog

A BlinDog é uma empresa inovadora e moderna que se preocupa tanto com o animal de estimação quanto com o seu tutor. Foi construída com base em quatro pilares fundamentais para atingir o sucesso: qualidade, inovação, design e sustentabilidade. Somos uma empresa consciente e lutamos pelo bem-estar dos animais e por um mundo cheio de melhores amigos.

​​​Blindog ​© 2015-2019

Contatos

(84) 99606.9051

contato@blindog.com.br

Instituto Metrópole Digital, Sala A414

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon